Passeio guiado em português ao Johnson Space Center – NASA

 

Em 1961, quando os planos para o Projeto Gemini começaram, isto é, os primeiros voos suborbitais americanos tripulados, ficou cada vez mais claro que o Centro de Controle de Mercúrio localizado no centro de lançamento da Estação da Força Aérea de Cabo Canaveral se tornaria inadequado para controlar missões com espaçonaves manobráveis ​​como Gemini e Apolo. A construção da Sala de Controle de Operações começou então em 1963 e, após a conclusão da Missão Apollo 11 em 1969, justificou todo o empreendimento.

Em 19 de fevereiro de 1973, após a morte de Johnson, o presidente Richard Nixon sancionou uma resolução do Senado renomeando o Centro de Espaços Especiais em homenagem a Johnson Space Center (JSC), que como Líder da Maioria no Senado patrocinou a legislação de 1958 que criou a NASA.

O novo centro tinha duas destas Salas de Controle de Operações da Missão, permitindo treinamento e preparação para uma missão posterior, enquanto uma missão ao vivo está em andamento, e tem sido o principal centro de controle de voo para todas as missões espaciais tripuladas subseqüentes desde o Projeto Gemini. Atualmente, estas salas no Centro Espacial Johnson passaram a se chamar Centro de Controle de Missão Christopher C. Kraft Jr. (MCC-H), o centro de controle da NASA que coordenou todas as missões do Space Shuttle e atualmente dirige as atividades americanas a bordo da Estação Espacial Internacional.

Eu e o turista Cláudio Damásio conhecendo a sala do Centro de Controle de Missão

Além de abrigar as operações de astronautas da Nasa, o JSC – Johnson Space Center – NASA é o local do antigo Laboratório de Recebimento Lunar, onde os primeiros astronautas que retornam da Lua foram colocados em quarentena e onde a maioria das amostras lunares são armazenadas.

Ali precisou ser montada a Divisão de Desembarque e Recuperação para os astronautas Gemini e Apollo praticarem a saída de água após o mergulho. Uma imensa piscina, atualmente chamada Neutral Buoyancy Laboratory, é o local onde os astronautas realizam um dos principais treinamentos antes de ir ao espaço. Este tanque mede 62x31metros, além dos 12metros de profundidade, armazenando diversas réplicas dos cenários que devem ser simulados no espaço. Aqui ocorre também a maior oportunidade para reconhecimento dos instrumentos e da roupa de um astronauta durante estes treinamentos, familiarizando e aperfeiçoando todas as atividades que deverão ser cumpridas em ambiente de micro gravidade.

Um dos artefatos mais curiosos exibidos no Centro Espacial Johnson está em um enorme galpão. É o foguete Saturno V, usado para levar o homem à Lua e que espanta o visitante pelo seu tamanho, boa parte dele com diversos estágios somente para carregar o combustível necessário para uma viagem tão longa. Ali em exposição o que se vê são módulos de comando de serviço reais (embora incompletos) da Apollo, destinados a voar na missão Apollo 19 que foi cancelada.

Aqui o VEHICLE MOCK UP FACILITY , local onde estão expostos réplicas para treinamentos dos astronautas.

No JSC também há um memorial para os astronautas que morreram no desastre do Ônibus Espacial Columbia, assim como um cemitério reservado aos outros membros de carreira, considerados heróis nacionais.

Eu tive o privilégio de acompanhar a primeira vez que o módulo lunar Columbia saiu do Smithsonian e o JSC foi o local escolhido para exposição. Isso aconteceu em 12 de Março de 2018, quase 50 anos depois deste longo repouso no museu. Fiquei horas imaginando Armstrong, Buzz e Colins confinados lá dentro em uma viagem de 4 dias para fazer história no pouso lunar “um pequeno passo para o homem, um salto gigantesco para a humanidade”. Certamente que este ativo será preservado por vários séculos, assim como as pirâmides do Egito.

Tanto eu como o astronauta Marcos Pontes, podemos ser seu guia em JSC – NASA.  Por todas as curiosidades envolvidas, seu acervo e história, você tem meu compromisso com uma experiência que valerá eternas memórias…

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar